Pesquisar neste blog

domingo, 27 de janeiro de 2008

Ortografia - "Julhio"


Olha só o endereço do estabelecimento... Julhio. O correto é Julho. (Apóstrofe errada em Leico's... e faltam vários acentos também, mas deve ser assim mesmo nesse programa que gera o cupom fiscal.)

Até que não demorei para publicar, a data da nota é de um mês atrás.

Crase


Valeu a intenção. Acertou na crase, mas grafou errado. Em vez do acento grave, foi colocado o acento agudo.

Mesmo assim, já é alguma coisa.

sábado, 19 de janeiro de 2008

Vírgula


Vírgula. Não. Megavírgula!

Este painel é enorme e está voltado para uma das maiores avenidas de Jundiaí.
Vamos à vírgula. Ela divide sujeito e verbo. Não é um sujeitinho de uma palavra só, aqueles óbvios, mas é o sujeito.

Isso é ter estilo... o que faz diferença (= isso) é ter estilo. Sem vírgula.

Vem cá. Construção estranhíssima. Seria melhor dizer que ter estilo é o que faz a diferença. Só inverter a ordem, fica ótimo e não causa dúvida de vírgula. Enfim...

BOMBA! O site do shopping também está errado! O correto é www.paineirascenter.com.br.

Ortografia - "passaport"


Erro de ortografia ou confusão com o inglês? Vai saber...

Ah, pode ter sido o tamanho da placa. De todo jeito, faltou o "e" em "passaporte".

Curiosidade: esta placa está em uma papelaria dentro da Unicamp.

Crase


Mais um caso de crase em "a partir". O primeiro post do blog já abordou isso. Olha lá! ;)

Crase


"Ferro" é palavra masculina. O "a" que antecede é apenas preposição. Se houvesse um artigo, este seria masculino e formaria "ao", nunca "à".

sábado, 12 de janeiro de 2008

Concordância - "confusão engraçado"


A confusão é engraçada. Então, o filme trata de uma confusão explosivamente engraçada.

Concordância básica. Concorda comigo?

Prefixo mini- e hífen

Rapidinho: o prefixo mini- não se junta com hífen a nenhuma palavra (com nomes próprios o assunto é outro).

O correto é minibarcos, assim como minissaia, minicasa, minirroda.

domingo, 6 de janeiro de 2008

Acentuação

Comentário rápido: somente são acentuadas as oxítonas terminadas em "a(s)", "e(s)" e "o(s)".

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Artigo definido importante

Há uma diferença de significado enorme em "todo Estado" e "todo o Estado". Esse é um artigo que não pode ser omitido, nem em títulos de jornais.

"Todo Estado" é o mesmo que "cada Estado". Assim, o título passa a seguinte informação: o projeto Acessa São Paulo chega a cada Estado do país em 2010. Gera uma contradição aí, mas essa é a informação "gramaticalmente" passada.

"Todo o Estado" é o mesmo que "no Estado inteiro". Para passar a informação correta, de que o projeto chegará ao Estado inteiro até 2010, o título precisa ter o artigo definido antes da palavra "Estado".

E tinha espaço para o artigo ali. Que mania de cortar todos os artigos.

Vírgula entre verbo e objeto

Tão agressivo aos olhos quanto vírgula entre sujeito e verbo é a vírgula depois do verbo. Completamente sem motivo.

Causam estranhamento as maiúsculas em "Dias" e "Para". Sem motivo e sem padrão.

Pelo menos a concordância em "você tem" está certa.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Vírgula entre sujeito e verbo

Apesar da imagem desfocada, é possível ler na última linha: "Billy Paul, vai fazer você delirar (...)".

Uma vírgula separa o sujeito do verbo. Imperdoável, principalmente em material publicitário.

Crase

Caso clássico. Muito comum, infelizmente.

A crase só está presente quando temos o "a" preposição e o "a" (ou "as") artigo.

No caso da foto, "partir" é um verbo e, como tal, não é acompanhado de artigo. Assim, aquele "a" que o antecede é somente preposição. Impossível a crase, então.