Pesquisar neste blog

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Vírus ainda precisam melhorar mais o texto

Viral com erros no texto
Vírus não respeita nada... nem a ordem de publicação das fotos que estão aqui à espera de um textinho para serem publicadas.

Engripei e passei essa imagem na frente.

O texto é o seguinte:
"A partir do dia 05/05/2012, a Via Fácil realmente iniciou a aplicação de multas. Todo motorista que passar a mais de 40 km/h receberá uma multa por excesso de velocidade. Segundo a STP (empresa administradora), a multa do Sem Parar é gerada pela Polícia Rodoviária.
[aí descamba um pouquinho]
você foi multado veja abaixo copia da multa."

O primeiro parágrafo está bem legalzinho, não tem erros de ortografia, a concordância está ok, pontuação certinha e até a unidade de velocidade está correta: km/h. Vai pegar muitos incautos. Mas olha só a construção do texto:
- "A partir do dia 5, a Via Fácil iniciou" – como assim?? Duas alternativas: desde o dia 5 iniciou, ou a partir do dia 5 iniciará. Sutil demais para um vírus.
- "a Via Fácil realmente iniciou" – hmmm... é para eu realmente acreditar nesse papo, porque a empresa não é convincente?
- "STP (empresa administradora)" – ah, o que dizer? Quem faz vírus e cuida do texto precisa explicar nos parênteses o que significa a sigla que vem antes, né? Básico... Vai pesquisar.
- A Via Fácil iniciou a aplicação de multas, mas a multa do Sem Parar é gerada pela Polícia Rodoviária, mas é o Sem Parar (versão logotipo distorcido) que vai me mandar a multa por e-mail, com um link para download? tá...
- e assim vai...
(Alguém quer se divertir destrinchar mais isso nos comentários?)

O primeiro parágrafo visualmente manda bem, melhor que o segundo, que parece ter sido escrito por outra pessoa. Mas, ao pensar na construção do texto e na coerência das informações, fica claro que o texto não saiu de uma empresa que preza a própria imagem — principalmente por esse logotipo distorcido.

Atchim!

(E se você receber esse mesmo e-mail com texto melhorado, corrigido com base no que foi apontado aqui, ainda assim vá pesquisar antes de sair clicando nos links, preocupado com multas de trânsito. Elas chegam só pelo correio, até onde sei.)

6 comentários:

Davi Miranda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Davi Miranda disse...

O Cristóvão Tezza fez recentemente observações a esse respeito:

http://www.gazetadopovo.com.br//colunistas/conteudo.phtml?tl=1&id=1403158&tit=Antivirus-ortografico

Telma Iara Mazzocato disse...

Acrescento que o Cristóvão Tezza tocou num assunto que me deu uma coceirinha: o Mac não pega vírus.
Meu pai recebeu esse e-mail e ficou, no Mac dele, tentando de várias formas ver a tal da multa. E nada. Ficou irritado, achou que era problema do e-mail e foi pedir ajuda, só assim ficou sabendo que era um vírus e que graças ao Mac ele não tinha sido infectado umas 15 vezes no prazo de meia hora, rs.
Eu já nem sei quantas vezes fui salva pelo Mac de vírus em e-mails bem escritos, kkk.

José Tenório disse...

O problema não é só o vírus, o spyware não prejudica o computador mas se isntala e rouba dados e senhas. E o MAC não está mais livre de vírus.

São Paulo – Durante muito tempo a Apple manteve em seu website a informação de que os computadores Mac eram livres de vírus e que os dados dos usuários estavam seguros.
Mas especialistas de segurança sempre questionaram esse posicionamento da Apple, alegando que a empresa estaria subestimando as ameaças presentes na web.
Porém, em abril um trojan chamado Flashback infectou mais de 600 mil máquinas com sistema Mac OS X, representando mais de 1% do total de usuários. Após isso, a Apple continuou a ser bastante criticada e sem fazer alarde a empresa modificou em seu website a mensagem sobre vírus em computadores Mac, informando agora que seus produtos possuem ferramentas embutidas para prevenir ciberataques.
Vendedores de software de segurança também afirmaram que as vendas de antivírus para Mac aumentou em decorrência da vulnerabilidade com o Flashback. No entanto, a Apple também foi criticada por levar cerca de três meses para desenvolver uma correção ao problema.

http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/noticias-seguranca-apple-remove-informacao-de-que-mac-nao-pega-virus

Paulo disse...

Olá, Telma!

"Mac não pega vírus"

Essa era mais uma mentira que vendiam!

Mais informações: http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/noticias-seguranca-apple-remove-informacao-de-que-mac-nao-pega-virus

Lucas Gomes disse...

Isso é conhecido como, método phishing, onde se encontra um hipertexto, algo que você possa clicar,assim abrindo seu navegador, e caindo em uma página backdoor!
Cuidado